Share |

Feaes apresenta projetos para melhoria de processos gerenciais

Escrito por Fernanda Luvizotto. Postado em Assessoria de Imprensa

Foto: Divulgação

Ampliar o autoconhecimento da força de trabalho, estreitar processos e melhorar o fluxo de comunicação entre as unidades, estes foram os temas estratégicos dos 15 projetos apresentados pelos gestores e líderes da Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes) que participaram, nesta quarta-feira (12), do encerramento da segunda fase do Programa de Desenvolvimento Gerencial MelhorAR.

Foram realizadas cinco oficinas, em mais de 40 horas de trabalho, voltadas para o aprofundamento dos temas estratégicos diagnosticados na primeira fase do programa, realizada entre maio e agosto.  A partir da abordagem metodológica “pensar/sentir/agir”, os gestores desenvolveram propostas de intervenção aplicadas ao contexto das unidades de negócio da Feaes (Hospital do Idoso Zilda Arns, Serviço de Atenção Domiciliar (SAD), Maternidade Bairro Novo, Serviços Médicos e de Apoio ao Samu/UPA, Centros de Atenção Psicossocial (Caps), Laboratório Municipal).

A secretária municipal da saúde, Marcia Huçulak, destacou a importância do planejamento na gestão dos serviços públicos. “Nestes dois últimos anos a Feaes deu uma guinada completa do ponto de vista administrativo, técnico e financeiro. Uma instituição séria precisa trabalhar com planejamento e monitorar seus indicadores e aqui houve uma mudança de processos e a ampliação dos atendimentos”, comentou.

A diretora Executiva da Feaes, Adriana Moreira Kraft, agradeceu “o apoio da Secretaria da Saúde pelo apoio incondicional e a todos que se dedicaram de coração por este ideal para ver este projeto realizado”. Adriana destacou que os recursos para a realização do programa MelhorAR foram viabilizados pelo prêmio InovaSUS, recebido pela equipe do SAD em 2015. “O prêmio nos proporcionou o privilégio de ver acontecer um projeto desta magnitude, que muitas instituições privadas, com disponibilidade de recursos, não conseguem viabilizar”, completou. 

O evento de encerramento, realizado no auditório do Hospital do Idoso, contou com a presença dos participantes das duas etapas do programa e com as apresentações musicais da dupla Andressa e Erick e do Caps Boa Vista. Os projetos publicados comporão um caderno do programa, que será disponibilizado para todas as unidades. O conteúdo digital também poderá ser acessado pelos funcionários no site da Feaes.

 

O programa

O MelhorAR é um programa de desenvolvimento gerencial voltado às experiências interconectadas de seus participantes. A escolha do nome (uma junção das palavras “melhor” + “ar”) aponta para a analogia da busca de um ambiente mais oxigenado.

Ao mesmo tempo, “AR” forma uma sigla para “Atitude Responsiva”, em que “atitude” significa “querer” e “responsividade”, na Psicologia, aponta para o acolhimento com atitudes compreensivas e diálogo efetivo para o desenvolvimento da autonomia. Ou seja, “MelhorAR” também aponta para a vontade mútua de atuar compreensivamente para a evolução autônoma.

 

Acesse todas as fotos em: https://www.flickr.com/photos/marcianocunha/sets/72157674450231277