Share |

Simpósio traz enfoque multiprofissional no atendimento de urgência e emergência

Escrito por Fernanda Luvizotto de Carvalho. Postado em Assessoria de Imprensa

Fotos: Anya Colman
Os procedimentos, inovações e a capacitação dos profissionais da saúde foram temas da primeira edição do Simpósio de Urgência e Emergência da Fundação Estatal de Atenção Especializada em Saúde de Curitiba (Feaes) , realizado nesta sexta-feira (13), no auditório do Hospital do Idoso Zilda Arns.
A diretora de Assistência à Saúde, Tatiane Correa da Silva Filipak, abordou o desafio profissional de trabalhar com urgência e emergência, apontando a necessidade da capacitação técnica e também emocional. “A Fundação valoriza o ensino e a pesquisa, porque entende que por meio da educação continuada dos profissionais é que nós conseguiremos sempre prestar uma assistência qualificada”, salientou. 
150 profissionais e estudantes da capital e também de algumas cidades do interior participaram de palestras com enfoque multiprofissional e abordagem abrangente, que passou pelo atendimento de convulsões pediátricas, pelas paradas cardiorrespiratórias em adulto e emergências obstétricas.
“Há poucos eventos sobre o tema, então buscamos desenvolver uma programação que contemplasse todas as especialidades”, comenta Junio Cesar da Silva, membro organização do simpósio e coordenador do Programa de Residência de Enfermagem em Urgência e Emergência, ofertado pela Feaes em parceria com Secretaria Municipal da Saúde (SMS).
A enfermeira Thais Lazaroto se interessou pela urgência e emergência no terceiro ano da faculdade, mas tinha dificuldade em encontrar capacitações na área.  “É bem difícil encontrar eventos em urgência e emergência e o simpósio hoje está fantástico, com temas bem distribuídos”, avaliou.
Vanessa Farias é professora do curso de Enfermagem em Cascavel e viajou com um grupo de 15 alunos para participar do simpósio. “Tirá-los do mundo acadêmico e entrar em contato com o que os profissionais vivenciam na prática acrescenta muito”, descreveu Vanessa que também atua na área de urgência e emergência.  
 
Residências
A Feaes em parceria com a SMS desenvolve programas de residências médicas, multiprofissionais e em área profissional de saúde. A residência é uma modalidade de ensino em nível de pós-graduação lato sensu, e caracteriza-se por treinamento em serviço sob supervisão de profissionais habilitados. É norteada pelos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), a partir das necessidades e realidades locais e regionais.
Todas as residências seguem normas estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC) e Ministério da Saúde (MS) e demais Resoluções da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) e da Comissão Nacional de Residência Multiprofissional de Saúde (CNRMS).
Atualmente, são ofertadas por ano, seis vagas de Clínica Médica, seis vagas de Psiquiatria, quatro vagas multiprofissionais em Saúde do Idoso, sendo uma de Psicologia, uma de Fonoaudiologia, uma de Fisioterapia e uma de Enfermagem, duas vagas de Enfermagem em Urgência e Emergência e duas vagas de Enfermagem em Obstetrícia.